Sapatos femininos: top 15 mais caros, lindos e raros do mundo

Sapatos femininos mais caros – Sabe aquele remorso que bate logo depois de comprarmos aqueles pares de sapatos lindos, mas que foram caríssimos para o nosso orçamento?

Pois é! Acontece sempre vez ou outra com qualquer mulher. Quando esse tipo de sentimento bater, a gente pode olhar essa lista e descobrir que o estrago financeiro poderia ter sido muito, muito pior!

Os 15 sapatos femininos mais caros do mundo

15 – bruno Frisoni

Começando pela lista de os 15 sapatos femininos mais caros do mundo, quem acredita que o caro e o extravagante andam de mãos dadas vai entender o valor de 47 mil doláres desse par de sapatos do designer Bruno Frisoni.

Esse modelo único é feito com pele de aves e solado de pele de crocodilo. Um sapato, digamos, não muito ecologicamente correto.

Para agregar valor à peça, um tanto bizarra, o designer acrescentou 24 quilates de ouro em malha de ouro, que compõe toda a peça. Mas, não pense que há pronta entrega desses sapatos.

O tempo de espera para ele é de, em média, 3 meses. A entrega não voa e os pássaros não mais.

Os sapatos de Bruno Frisoni levam três meses para ficarem prontos (Sapatos femininos mais caros do mundo)

14 – Diamond Encrusted

Tênis com diamantes

Sapatos caros podem ser sinônimos também de conforto? A Nike afirma que sim, por isso criou esse belíssimo tênis que possui 11 quilates de diamantes incrustrados na marca da Nike. Pode então colocar esses 50 mil dólares nos pés e sair para malhar ou correr. Apesar de ser um dos 15 sapatos femininos mais caros, a questão é saber se você voltará com ele novamente…

13 – Leon Verres

Sapatos da coleção de luxo Leon Verres (Sapatos femininos mais caros do mundo)

O grupo Leon Verres é responsável pela criação de uma coleção que compõe os sapatos femininos mais caros do mundo. Cada par varia entre 134 mil e 145 mil dólares. O que esses modelos tem de especial? O material de sua fabricação. Eles são criados a partir de materiais de alta qualidade como o couro de ouro, seda preta, diamantes e safiras. Pode preparar-se para pagar também uma coleção de seguranças.

12 – Sapato de princesa

Sapatos de uma princesa indiana

Talvez esse modelo não seja especificamente aquele que nós pensamos quando se fala em “sapatos de princesa”, mas é isso que ele é: um sapato que pertenceu à realeza indiana. O sapato é avaliado em 160 mil dólares, devido ao seu valor histórico, tendo em vista que é uma relíquia do século 18, e também por ser enfeitado com diamantes e rubis. No quesito beleza, entretanto, apesar de ser um dos sapatos femininos mais caros do mundo, a peça deixa a desejar, né?

11 – Borgezie Stilettos

Sandália Borgezie Stilettos

Uma equipe de joalheiros trabalhando para os pés. É exatamente esse o conceito dos salto agulha Borgezie, do designer britânico Christopher Michael. As sandálias não possuem couro em nenhuma parte. Toda a sua estrutura em ouro, adornada por 30 quilates de diamantes, distribuídos em 2.200 pedras. O problema é ter dinheiro para desembolsar 217 mil de dólares e arrumar equilíbrio para andar nesses saltos que figuram entre os sapatos femininos mais caros do mundo.

10 – Diamond Dream

Weitzman cria os sapatos dos sonhos, cravejados de diamantes

O “diamond dream” é o sonho de diamante de toda mulher. A criação de Stuart Weitzman custa 500 mil dólares e possui nada menos que 1.420 diamantes de corte Kwiat, de 30 quilates. Um luxo, além de delicados e elegantes.

9 – Soles Oz

O sapato de oz com pedras de rubi, criação de Gilbert Adrian

“O Mágico de Oz” é um clássico dos filmes e é responsável por colocar aqui, em nossa lista, o 9º lugar. O sapato acima foi usado pela atriz Judy Garaland, que interpretava a personagem Dorothy, e criado pelo figurinista Gilbert Adrian, no ano de 1938. O valor de 870 mil doláres do par justifica-se pelas três grandes peças de Rubis, contidos no laço que vemos na parte frontal. Essa Dorothy é um diva, não?

8 – Pure Gold

O sapato em ouro puro é uma criação chinesa

Você com certeza já ouviu a expressão “pés de fada”, mas “pés de ouro” deve ser a primeira vez, né? Pois bem, nosso 8º lugar é um sapato composto por 680g de ouro puro. Bom é sair arrastando tanto ouro por aí, num sapato que não parece ser nada confortável! Ainda assim, o valor estimado da criação chinesa é de 1 milhão de dólares, ocupando apenas a oitava posição dentre os 15 sapatos femininos mais caros do mundo.

7 – Retro Rose

Os sapatos retrôs de Stuart Weitzman, custam 1 milhão de dólares

Que mimo de sapatinho! mas o que ele tem de especial para estar ocupando um ranking dos sapatos mais caros do mundo? Bem, em primeiro lugar ele é assinado por Stuart Weitzman, o criador da maior parte dos sapatos mais caros do mundo e, em segundo lugar, essas flores singelas que o enfeita possui apenas 100 quilates de diamantes. Tá explicado porque é um dos sapatos femininos mais caros do mundo e custa 1 milhão de dólares, né??

6 – Platinum Guild

As sandálias Platinum Guild, de Stuart Weitzman é composto por diamantes

As sandálias de Stuart Weitzman são conhecidas por serem compostas de pedras preciosas e, lógico por serem muuuuuuito caras. O modelo acima tem cravejado, em suas alças de platina pura, 464 diamantes em formato de pêra. O valor dessa belezura é estimado em 1,09 milhões de doláres e o resultado são panturrilhas malhadas por levantar tanta pedra preciosa!

5 – Ruby Slippers

Estas sandálias cravejadas por rubis de Stuart Weitzman enchem os olhos e esvaziam os bolsos

Continuando com o deslumbramento de sandálias de Stuart Weitzman, temos essa que ocupa o nosso quinto lugar, cujo o modelo é o Ruby Slippers. Vamos à descrição do modelito: a sandália é adornada com 642 rubis da Birmânia de 123 quilates. Não só isso, as pedras são montadas em meia libra de platina pura. Acrescente a isso um bom acabamento acetinado vermelho. Agora vamos ao preço: 1,6 milhões de dólares. Um mimo de preço e de sapato.

4 – lugar: Tanzanite Heels

O modelo Stuart Weitzman Tanzanite Heels, é um exagero de beleza e preciosidades

Imagine carregar uma joalheira nos pés. Bem, é quase isso que ocorre com o nosso 4º lugar. A sandália criada, novamente, por Stuart Weitzman, é estimada em 2,5 milhões de doláres por conter APENAS 385 pedras preciosas encrustadas nela, além de ter, em sua tornozeleira, 185 quilates de tanzanite, uma raríssima pedra preciosa encontrada na África. Como se não bastasse, para dar um pouco de glamour (para não ter o perigo de faltar, né?), temos 28 quilates de diamantes na cinta frontal da sandália. O bom agora é encontrar uma ocasião para usar essa preciosidade e não ter os pés decepados!

3 – Cinderella Slippers

Sandálias da cinderela Slippers
Dos livros infantis para a vida real, os sapatinhos da Cinderela, de Stuart Weitzman

Não é bem o sapatinho de cristal da Cinderela, mas é a sandália que saiu dos livros infantis e virou realidade, vindo parar no terceiro lugar do nosso ranking. A criação é de (sem surpresas) Weitzman e possui 600 quilates de diversos tipos de diamantes preciosos, custando 2,6 milhões de dólares, mas sem o princípe encantado e sem a fada madrinha, hein?

2 – Mágico Oz

Sapato Mágico de Oz

E mais uma vez “O Mágico de OZ” produz uma jóia para a nossa lista. Os slippers acima foram criados em homenagem ao 50º aniversário da produção do filme “O Mágico de Oz”, em alusão aos sapatos usados pela personagem Dorothy. A criação foi assinada por Ronald Winston e é avaliada em 3 milhões de dólares por ostentar 4.600 rubis e 50 quilates de diamantes, afixados manualmente pelo artesão Javiar Barerra. Isso sim é uma jóia de sapato!

1 – Rita Hayworth Heels

Sandália Rita Hayworth Heels

Esse sapato que não parece ter nada de especial, comparado aos anteriores, é o sapato mais caro do mundo custando um pouco mais que míseros 3 milhões de dólares, para ser mais específica 3,94 milhões de dólares. Entretanto, esse modelo Rita Hayworth Heels, do designer Stuart Weitzman (mais uma vez!) é cravejado com pedras preciosas, como rubis, safiras e diamantes, que são os responsáveis pelo elevado custo deste belo sapato.

Artigo originalmente escrito por Cíntia Tavares

Ao copiar o artigo, solicitamos que cite a fonte, juntamente com o link da matéria.

Artigo modificado em 1 de março de 2017 22:37

Visualizar comentpários

Compartilhar